Logo_FIO_2021.png
UK.png
PT.png

ANDREA MACINANTI (ITA)​

É diplomado em Órgão, Cravo e Canto nos Conservatórios de Bologna e Parma, tendo se aperfeiçoado com Klemens Schnorr em Munique. Graduou-se cum laude pela Faculdade de Letras e Filosofia da Universidade de Bologna e obteve a "menzione d'onore" no Doutoramento em Filosofia da Música na Universidade de Genebra. E professor de Órgão no Conservatório G. B. Martini de Bologna. Gravou pelo selo Tactus as obras completas de Marco Enrico Bossi (17 discos), Ottorino Respighi e Goffredo Giarda e pelo selo Elegia, as obras de Guido Alberto Fano e Giovanni Tebaldini. Foi o responsável pela edição de diversas revisões críticas, entre as quais as Fiori Musicali de Girolamo Frescobaldi, a obra integral para tecla de Alessandro Scarlatti e Giovanni Battista Martini pela editora Ut Orpheus, uma antologia de música italiana para órgão e a Opera Omnia Organistica de Marco Enrico Bossi pela editora Carrara. Publicou um estudo sobre análise e a interpretação dos Trois Chorals de César Frank pela editora Carrara, o volume Fabricato alla guisa del corpo humano e L'organo come metafora antropomorfa pela editora Zecchini. Macinanti une a prática da música a sua paixão pelo Karate (faixa preta 5º DAN). Em 2021 foi condecorado pelo presidente da república Sergio Mattarela com o título de Ufficiale all'Ordine "Al Merito della Repubblica Italiana".

Andrea Macinanti.jpg

Organização:  

Mecenas:

Apoio:

Tagus branca_edited.png
logo_JMS_white.png
STirso_white.png
Logotipo_Horizontal_CMFamalicão_white.png
PICE.png
REPUBLICA-branco.png
culturaNorte_white.png
bomorganum_white.png